Filme luso-brasileiro-moçambicano é tema da live do Cineclube da Fundação Cultural BADESC

Debate online sobre o longa Yvone Kane será na quarta-feira, 15 de julho, no canal do YouTube da Fundação

               Em parceria com o projeto de extensão universitária promovido pelo Laboratório de Estudos em História da África (LEHAf/UFSC), o Cineclube da Fundação Cultural BADESC, promove mais um debate online da Sessão África no Cinema. Para esta edição, programada para a quarta-feira, 15 de julho, o filme em destaque será Yvone Kane.

               A partir das 19h, a cineasta e curadora do Cineclube da Fundação, Vanessa Sandre, vai receber no canal do YouTube da Fundação (http://abre.ai/canalfundacaoculturalbadesc) três debatedores.

               Participam o sociólogo e investigador Científico no Centro de Estudos Africanos/Universidade Eduardo Mondlane (CEA/UEM), Maputo-Moçambique e mestre em Sociologia Política pela UFSC, Hélio Maúngue, o coordenador do LEHAf/UFSC, Sílvio Marcus de Souza Correa e o cineasta e curador do projeto África no Cinema, Alex Brandão.

               O drama luso-brasileiro-moçambicano está disponível gratuitamente no link https://youtu.be/cZqZXjrdWZc.

Yvone Kane

De Margarida Cardoso. Moçambique/Portugal/Brasil. 2014. 122 min. Drama. 12 anos.

Com Beatriz Batarda, Irene Ravache e Samuel Malumbe.

Sinopse: Rita decide voltar à África, ao país onde cresceu, para reencontrar sua mãe, Sara. Ela passa a investigar o percurso e a morte de Yvone Kane, uma ex-guerrilheira e ativista política que marcou várias gerações. Um retrato das memórias sobre o protagonismo feminino na guerra de libertação ao colonialismo, realizado pela cineasta portuguesa Margarida Cardoso.

África no Cinema

É uma sessão mensal do Cineclube da Fundação em parceria com o projeto de extensão universitária promovido pelo Laboratório de Estudos em História da África (LEHAf/UFSC). O objetivo do projeto é a promoção da cultura cinematográfica com ênfase em filmes de diretores africanos, com produção africana e/ou com filmagens em África. Visa também divulgar a riqueza artística e cultural do continente africano através da exibição de filmes, comentários e debates sobre a produção cinematográfica africana, e também sobre as representações da África no cinema.

Deixe uma resposta