Publicado por 7:48 pm LifeStyle, Negócios

Nova Pousada dos Chás é inaugurada em Jurerê

Empresária Leninha Petry Makowiecky recepciona convidados e imprensa nesta quinta-feira (17), das 17h às 21 horas

Quando viu a Pousada dos Chás Hotel Boutique, em Jurerê, ser rodeada por prédios, a empresária Maria Helena Petry Makowiecky, a Leninha, entendeu que seus hóspedes não teriam mais tanto da tranquilidade proposta há quase 20 anos. Então, decidiu que era chegada a hora de vender o terreno e de fechar as portas do local. Os últimos hóspedes se despediram da Pousada dos Chás em 13 de março de 2022, e Leninha passou 30 dias pensando no que faria da vida.

Teve um princípio de depressão, procurou ajuda médica. Mas foi em um sonho que descobriu o que faria: daria vida à Nova Pousada dos Chás. Em uma conversa com o filho Guilherme Petry Makowiecky, administrador da Pousada das Pimentas, empreendimento “low cost” arrendado pela família e localizado no mesmo bairro, sugeriu transformá-lo na Nova Pousada dos Chás, um hotel pousada com o conceito de boutique ainda mais intimista. 

Em maio, começaram as obras de reforma da Nova Pousada dos Chás, que envolveu mais de 10 empresas e um número incontável de colaboradores. “Durante este tempo de reforma, os nossos funcionários foram realocados em outros empreendimentos, mas agora estão voltando para casa. Estão voltando para o local que sempre foi deles. Eu também, não poderia me aposentar agora. Não estou preparada para isso”, reflete.

A Nova Pousada dos Chás será inaugurada em evento para convidados e para a imprensa nesta quinta-feira (17), das 17h às 21 horas. 

Memória afetiva preservada e sustentabilidade

A Nova Pousada dos Chás terá nove quartos, delicadamente decorados com nomes e cores de chás, travesseiros de penas de ganso, toalhas, lençóis e edredons de 300 e de 600 fios da Trussardi, além de sabonetes e loções especiais e começa a receber os hóspedes a partir desta quinta-feira, 17 de novembro, data da reinauguração em novo local.

Sob o comando do arquiteto Marcos Fiuza, todo o projeto do empreendimento reutilizou muito da antiga Pousada dos Chás – desde os móveis e jogos de cama, passando pela madeira do deck, pelos caixilhos de portas e janelas até chegar nos interruptores das tomadas. As plantas também foram replantadas no novo empreendimento.

As peças que não foram utilizadas no projeto foram disponibilizadas para venda em uma garage sale. “Eu queria muito que as pessoas se sentissem em casa quando chegassem aqui e este sentimento já vejo nas pessoas que já estiveram aqui. Tudo foi reaproveitado, o que contribuiu com a sustentabilidade e, de quebra, preservou a memória afetiva de um local que por quase 20 anos fez muita gente feliz”, ressalta Leninha.

O projeto luminotécnico da Nova Pousada dos Chás foi executado pela Allume, de Marina Makowiecky e o (re)paisagismo ficou por conta do engenheiro agrônomo Cassiano Freund, do Primavera Garden Center.

Chá das cinco e espaço para eventos

O tradicional chá das cinco da Pousada dos Chás – para hóspedes e para o público – voltará a ser servido inicialmente às sextas e sábados, das 17h às 19 horas. O espaço servirá café da manhã aos sábados também aberto ao público. “Esta é uma ótima opção para quem mora ou está de passagem em Jurerê.

Para o próximo ano, há projeto de um bistrô e de evento de harmonização de vinhos. A Nova Pousada dos Chás tem ainda espaço para eventos para até 100 pessoas, além de ambiente para a reunião de pequenas confrarias. O local dispõe ainda de cozinha industrial e de cozinha gourmet. No dia 31 de dezembro, o Chápanhe, das 17h às 19 horas, abrirá as comemorações de Réveillon dos hóspedes. 

Livro com trajetória da pousada e de Jurerê

Há pouco menos de dois anos, Leninha, reconhecida pelo trade turístico pelo trabalho à frente da Pousada dos Chás, lançou um livro no qual conta a trajetória do hotel boutique e da história de Jurerê e das curiosidades que envolvem a compra do terreno no Norte da Ilha, dos primeiros moradores até a expansão que transformaram o bairro em um dos balneários mais frequentados de Santa Catarina.

A relação dela com o bairro de Jurerê começou em 1956. Ela é filha de Annito Petry, empreendedor que juntamente com os amigos Julio Teixeira e Aderbal Ramos da Silva, anos mais tarde eleito governador do Estado, compraram mais de 6 milhões de metros quadrados de terra, justamente onde fica o bairro. Parte da renda arrecadada com a venda do livro foi revertida à Associação de Desenvolvimento Comunitário (Adecom) e utilizada em melhorias no bairro de Jurerê.

Crédito: Divulgação.

(Visited 11 times, 1 visits today)
Close