Publicado por 6:01 pm Agitos

Músico catarinense abre show dos Os Mutantes em São Paulo

A frente da banda Luiz e os Louises, Luiz Henrique Niehues abrirá o show de retorno aos palcos de um dos grupos mais emblemáticos da música brasileira no próximo dia 21 de outubro

Para muitos músicos, o ponto alto de uma carreira é ter a oportunidade de estar junto com bandas e artistas que serviram de inspiração ao longo de sua carreira. Nascido em Braço do Norte (SC), Luiz Henrique Niehues transformou a música em sua profissão desde cedo e agora, aos 31 anos, considera que viverá um dos seus grandes sonhos: o show de abertura da turnê de retorno da banda Mutantes aos palcos, no próximo dia 21 de outubro, às 21h, no Teatro Bravos, em São Paulo (SP). 

De acordo com Luiz, este vai ser o momento em que poderá dizer que a sua carreira realmente começou. “Eu estava planejando um show de lançamento do meu disco em São Paulo e pensei que seria uma boa ideia chamar uma banda conceituada para tocar junto. De imediato pensei nos Mutantes, pois é uma das minhas bandas preferidas.  Por coincidência (ou não), eles estavam começando a montar a nova agenda de shows para o retorno aos palcos pós pandemia,  e tudo se encaixou perfeitamente”, celebra Luiz.  Ainda de acordo com o artista, foi o trabalho dos Mutantes que o fez acreditar na possibilidade de fazer um rock criativo e original. “Quando eu ouvi Panis Et Circenses (1968) senti orgulho de ser brasileiro. Que podemos criar uma música diferente da produção britânica e americana, mas que ao mesmo tempo dialogue com ela, abrace o mundo e se torne universal”, completa. 

Desde 2019, o músico integra a banda Luiz e os Louises e trará para este show seu repertório de 09 músicas do disco “Life’s a Cigarette”, lançado em Nova York em 2019. Atualmente, a banda é formada por Caroll Lins (guitarra), Helena Cruz (baixo), Gustavo Rato (bateria), Edu Barquinho (teclado) e Isabella Paloma (backing vocal). 

“Desde cedo eu sempre compus músicas, antes mesmo de saber tocar algum instrumento. Fui juntando essas músicas e resolvi ir pra Nova York gravar um disco, completamente sozinho, sem conhecer ninguém. Acabei conhecendo o produtor Ben Rice, e ele chamou músicos excelentes, que, inclusive, tocam com a Norah Jones, pra gravar o disco comigo”, destaca. 

A Volta aos Palcos – Os Mutantes 

Os Mutantes voltam a subir em um palco depois de dois anos. No repertório, clássicos de todas as formações e canções do álbum “ZZYZX”, lançado pouco antes da pandemia do coronavírus. Além de São Paulo, a banda também se apresentou em Curitiba, no último dia 8, e seguirá para Porto Alegre no dia 22. Após os três shows no Brasil, Os Mutantes segue para uma turnê nos Estados Unidos e Canadá, com 20 shows já confirmados em cidades como Los Angeles, Denver, Dallas, Seattle, San Francisco, Sacramento e Vancouver – há locais onde os ingressos já estão esgotados.cado na íntegra em shows dos Mutantes em São Paulo.

Desde o retorno, em 2006, Os Mutantes já gravaram três álbuns de inéditas. O mais recente é “ZZYZX”, que saiu do forno pouco antes da pandemia. O trabalho traz 11 faixas, sendo duas em português, propondo romper as barreiras da música feita na Terra. A saída é por ali mesmo, pela ZZYZX, até a Casa dos Deuses na famosa Área 51. As dicas estão na linda capa do disco, de autoria do ilustrador norte-americano Thomas Sciacca.

(Visited 6 times, 1 visits today)
Close